Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

Tribunal da relação anula parcialmente acórdão pela morte do adepto italiano Marco Ficini

Foi ordenada a reformulação da decisão de primeira instância, por falta de fundamentação.
Lusa 27 de Junho de 2022 às 17:12
Marco Ficini era italiano e estava em Lisboa com a claque do Sporting
Marco Ficini era italiano e estava em Lisboa com a claque do Sporting FOTO: Direitos Reservados
O Tribunal da Relação de Lisboa anulou parcialmente o acórdão do processo da morte do adepto do Sporting Marco Ficini, atropelado junto ao Estádio da Luz, ordenando a reformulação da decisão de primeira instância, por falta de fundamentação.

"Não conclui o Tribunal recorrido de forma clara quanto ao nexo de causalidade entre a condução nas circunstâncias dadas como provadas e o embate no corpo da vítima, não esclarece se conclui que este arguido, ao conduzir nas circunstâncias dadas como provadas, previu ou não o resultado e, na afirmativa, se com o mesmo se conformou ou não", lê-se no acórdão da Relação de Lisboa, a que a agência Lusa teve hoje acesso.

Em 30 de outubro de 2020, Luís Pina foi condenado pelo Tribunal Central Criminal de Lisboa a quatro anos de prisão, por homicídio por negligência grosseira, na sequência do atropelamento mortal do italiano Marco Ficini, junto ao Estádio da Luz, em Lisboa, em 22 de abril de 2017.

Marco Ficini Tribunal da Relação de Lisboa Sporting Lisboa polícia justiça e direitos
Ver comentários
}