Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
1

“Troféu que me vai dar gozo especial”, diz Carvalhal sobre final da Taça de Portugal

Técnico arsenalista diz que a vontade dos jogadores em vencer não é menor do que a dele.
Liliana Rodrigues 23 de Maio de 2021 às 09:45
Carlos Carvalhal diz que ausências no Benfica não tiram força às águias
Carlos Carvalhal diz que ausências no Benfica não tiram força às águias FOTO: Luis Vieira/Movephoto
"Se há troféu que me vai dar um gozo especial ganhar é pelo clube da minha terra, nenhum outro título no futuro terá sabor igual a este, mas a vontade dos jogadores não é menor do que a minha.” O treinador Carlos Carvalhal, nascido e criado em Braga, ex-atleta dos guerreiros, aposta tudo no jogo desta noite e promete entrar em campo para ganhar, sem medo: “As dificuldades são inerentes a jogar contra uma equipa de elevada capacidade, com grandes jogadores - internacionais por Brasil, Argentina ou Uruguai - e um grande treinador.”

Sem abrir o jogo sobre o onze na antecipação da final da Taça de Portugal, o treinador do Sp. Braga admitiu uma quebra de rendimento no último terço da época, mas frisou que a equipa está a melhorar, com “os jogadores sobrecarregados já recuperados”. E lembrou que no relvado em Coimbra “contam só os 90 minutos”: “A equipa mais equilibrada emocionalmente, mais focada e com mais qualidade, vai vencer. Quando o jogo começa, tudo o que está para trás, o que foi a época, não conta para nada.”

Quanto às baixas de última hora no Benfica, Carvalhal desvalorizou. “Jogando a quatro ou a três [defesas], a dinâmica ofensiva do Benfica é sempre igual, não muda, a não ser pelas características dos jogadores”, vincou o técnico, que preparou todos os cenários, incluindo o desempate por penáltis.

"CONFIANTES PARA FECHAR COM CHAVE DE OURO"
"A conquista da Taça de Portugal tem um peso enorme, dá acesso direto à Liga Europa [já garantido com o 4º lugar da Liga], além da tradição que tem. Queremos trazê-la para Braga", afirmou Fransérgio, capitão do Sp. Braga, na antevisão à final.

O médio vaticinou que o Sp. Braga não é menos favorito do que o Benfica: "É 50/50 [igualdade de hipóteses para cada equipa], é uma final, pode calhar para o Sp. Braga ou para o Benfica." "O Sp. Braga está confiante, alegre, bem-disposto, para fazer um bom jogo, desfrutar do momento e fechar a época com chave de ouro. Não podemos ter adeptos no estádio, mas que fiquem no sofá a ver a alegria que vamos dar-lhes", finalizou o jogador.
Carlos Carvalhal Brasil Sp. Braga Argentina Uruguai Benfica desporto futebol
Ver comentários