Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

UEFA abre inquérito por 'atos racistas' dos adeptos polacos no jogo com Itália

Organismo máximo do futebol europeu esclareceu que o caso será avaliado e discutido no próximo dia 21 de setembro.
10 de Setembro de 2018 às 18:37
Polónia
Polónia
Polónia
Polónia
Polónia
Polónia
A UEFA abriu um inquérito disciplinar à Polónia por alegados atos racistas por parte dos seus adeptos no jogo frente a Itália, da Liga das Nações, enquanto a República Checa e a Ucrânia enfrentam acusações por distúrbios.

Estes são os primeiros casos disciplinares na Liga das Nações de futebol, mas a UEFA não especificou que atos de racismo foram cometidos pelos adeptos polacos no jogo de sexta-feira, em Bolonha, frente à Itália, que terminou com um empate a um golo.

No entanto, o organismo máximo do futebol europeu esclareceu que o caso será avaliado e discutido no próximo dia 21 de setembro.

Já em relação aos casos disciplinares ocorridos no jogo de quinta-feira entre a República Checa e a Ucrânia, a UEFA esclareceu que os mesmos se prendem com invasões do relvado por parte dos adeptos de ambas as seleções, embora no caso dos ucranianos a acusação se estenda a estragos nas bancadas e arremesso de objetos. A Ucrânia venceu por 2-1.

A República Checa arrisca ainda uma penalização por atraso no início do jogo devido a um problema com os holofotes do estádio, mas todas as situações em torno deste jogo serão analisadas pela UEFA no dia 27 de setembro.
UEFA Liga das Nações Polónia Ucrânia Itália República Checa Bolonha desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)