Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

UEFA quer alterar regras para evitar concussões no futebol

Objetivo é dar mais tempo aos médicos para avaliarem potenciais lesões na cabeça antes de os jogadores regressarem ao campo.
29 de Maio de 2019 às 18:43
UEFA
Símbolo da UEFA
UEFA
UEFA
Símbolo da UEFA
UEFA
UEFA
Símbolo da UEFA
UEFA
A UEFA disse esta quarta-feira estar a estudar uma proposta de alteração às regras do futebol que possa proteger melhor os jogadores de sofrerem concussões, dando mais tempo aos médicos para analisarem a lesão em campo.

Segundo a UEFA, o objetivo é dar mais tempo aos médicos para avaliarem potenciais lesões na cabeça antes de os jogadores regressarem ao campo, sendo que o presidente do organismo, Aleksander Ceferin, mencionou uma possível alteração às leis sobre substitutos.

"A saúde dos jogadores é da maior importância, e acredito que os atuais regulamentos sobre a matéria precisam de ser atualizados, para proteger atletas e mesmo os médicos, permitindo um diagnóstico apropriado sem prejudicar as equipas", atirou.

Depois de o belga Jan Vertonghen ter voltado ao campo na segunda mão do jogo do Tottenham com o Ajax, que qualificou os ingleses para a final, após um choque de cabeça, o defesa esteve apenas 40 segundos em campo antes de ter de sair, ainda que o médico o tenha autorizado a regressar.

A esta soma-se a concussão sofrida pelo guarda-redes alemão do Liverpool Loris Karius, na final da 'Champions' de 2018, tendo acabado por sofrer dois golos com erros claros numa derrota por 3-1, ou ainda a do guardião português Anthony Lopes, nos oitavos de final pelo Lyon esta temporada, tendo também de ser substituído.
UEFA desporto futebol
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)