Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Benfica procura um novo Garay

Líder dos encarnados pretende um jogador que assuma preponderância no onze da equipa como companheiro de Luisão no centro da defesa.
António M. Pereira 5 de Dezembro de 2014 às 09:13
Vieira quer um central com as características de Garay, que trocou o Benfica pelo Zenit no verão
Vieira quer um central com as características de Garay, que trocou o Benfica pelo Zenit no verão FOTO: Paulo Calado

Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, está disposto a investir num central de gabarito que faça esquecer o argentino Garay: um jogador que entre de caras na equipa e que seja um valor acrescido para os encarnados.

A eliminação da equipa das competições europeias não fez esmorecer o desejo do líder – que está de comum acordo com o treinador Jorge Jesus na necessidade de ir ao mercado – de reforçar a defesa. Ainda assim, Vieira mostra-se flexível e admite atirar este negócio para a próxima época. Tudo vai depender das oportunidades.

Segundo apurou o CM, são vários os nomes que estão a ser equacionados e seguidos com atenção, mas haverá pouca margem de manobra para eventuais falhanços na deteção e concretização deste reforço.

A ideia é trazer para a Luz um ‘novo Garay’. Ou seja, um central que assuma a preponderância que o argentino teve no onze dos encarnados antes de se transferir para o Zenit no verão. À semelhança de Garay, poderá ser um jogador que esteja neste momento ‘tapado’ num dos grandes europeus mas com um potencial que não deixe lugar para dúvidas.

Na época passada, Garay e Luisão constituíram uma das melhores duplas de centrais da Europa. Juntos, marcaram 14 golos (6 de Luisão e 8 de Garay). Após a partida do argentino, foi Jardel quem assumiu a titularidade, mas sem gerar consensos. Ficou sempre a ideia de que o brasileiro chegava para as "encomendas" nas competições nacionais mas que ainda não tem dimensão para ser uma mais-valia na Liga dos Campeões. Outro argentino, Lisandro López, é o concorrente direto de Jardel, mas nunca convenceu Jesus. Ficou no plantel porque as águias não conseguiram o concurso do uruguaio Jimenez, com ligação contratual ao Atlético Madrid. Só é opção para Jorge Jesus quando Jardel não está apto.

Situação mais delicada vive César, que não tem jogado. 

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)