Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
8

Vitória chama Jonas para recuperar liderança

Avançado aponta à titularidade seis jogos depois.
João Pedro Óca 13 de Março de 2017 às 01:43
Jonas e Mitroglou não jogam juntos de início no ataque há mais de um mês
Rui Vitória confirmou a presença de Jonas no jogo de hoje  e assumiu que o brasileiro está cada vez melhor. Garante que a Champions já ficou para trás
Jonas e Mitroglou não jogam juntos de início no ataque há mais de um mês
Rui Vitória confirmou a presença de Jonas no jogo de hoje  e assumiu que o brasileiro está cada vez melhor. Garante que a Champions já ficou para trás
Jonas e Mitroglou não jogam juntos de início no ataque há mais de um mês
Rui Vitória confirmou a presença de Jonas no jogo de hoje  e assumiu que o brasileiro está cada vez melhor. Garante que a Champions já ficou para trás
Jonas ao lado de Mitroglou na frente de ataque para recuperar a liderança da Liga. Este pode ser o trunfo de Rui Vitória para o duelo com o Belenenses (hoje, 20h00, BTV), em que os encarnados precisam de vencer para voltar ao 1º lugar, depois do triunfo do FC Porto em Arouca, 4-0, na sexta-feira.

"Jonas está convocado e pronto para ir a jogo com mais tempo de trabalho do que tinha há uns dias" disse o treinador que pondera lançar de novo no onze a dupla mais finalizadora da equipa, mais de um mês depois.

O técnico lamentou mesmo o facto de não ter os jogadores a cem por cento nos últimos jogos. "Uma coisa era ter o Jonas e o Mitroglou a trabalharem de forma contínua nos últimos 15 dias, sabendo as rotinas e a pressão que eram precisas", disse o treinador, lembrando a eliminação da Champions, com o Dortmund, na quarta-feira.

Nesse duelo, tal como nos últimos dois para a Liga, Jonas não jogou de início e foi lançado na segunda parte. De resto, tem alternado entre o tratamento e o trabalho no relvado, a contas com uma cervicalgia.

Porém, o brasileiro tem evoluído de forma satisfatória recentemente e pode ser mais uma arma para Rui Vitória num duelo em que o Benfica não tem margem de erro. O FC Porto é o líder à condição, mas o técnico continua a manter o foco nos seus jogadores.

"As comparações são para vocês [jornalistas]", disse o técnico sem se mostrar alarmado com o momento de forma do rival - nove vitórias seguidas. "Tudo muda de um dia para o outro. É como os interruptores, carrega-se e acende ou apaga a luz. Ganha-se e somos muito bons, perde-se e somos muito maus. É preciso ter calma", apontou.
Vitória Jonas liderança benfica futebol desporto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)