Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
9

Vitória trabalha Cervi para clássico

Treinador prepara argentino para dar profundidade ao ataque e para travar Maxi Pereira.
Mário Figueiredo 26 de Março de 2017 às 03:34
Cervi prepara-se para ser titular no clássico com o FC Porto, pois para Rui Vitória dá mais profundidade ao ataque
Cervi prepara-se para ser titular no clássico com o FC Porto, pois para Rui Vitória dá mais profundidade ao ataque FOTO: Pedro Ferreira
Rui Vitória está a aproveitar a pausa na Liga para trabalhar Cervi para o clássico com o FC Porto no próximo sábado (20h30, BTV).

O CM sabe que o treinador das águias acredita que o argentino é a melhor solução para jogar a titular no clássico, que pode ser decisivo na luta pelo título. O extremo argentino, de 22 anos, deverá tirar o lugar ao compatriota Salvio ou a Zivkovic (está ao serviço da seleção sérvia de sub-21).

A opção por Cervi tem a ver com a profundidade que o argentino pode dar ao ataque do Benfica. Rui Vitória pretende utilizar a garra do extremo para criar desequilíbrios ofensivos, mas também para travar as subidas de Maxi Pereira, o defesa- -direito uruguaio que trocou as águias pelos dragões há duas temporadas.

É que Cervi, apesar de ser mais temperamental, traz uma maior dinâmica e velocidade à equipa. Algo que Rui Vitória considera fundamental para travar o FC Porto, que joga o ataque à liderança na Luz.

O jogador argentino já alinhou em 19 jogos da Liga (titular em 12) e apontou um golo. No total realizou 1021 minutos no campeonato. Está mais folgado do que Salvio, que realizou 22 partidas (titular em 20), num total de 1538 minutos. Já o sérvio Zivkovic alinhou em 12 jogos (9 a titular), num total de 785 minutos em campo. Contudo, o desgaste provocado pelos jogos na seleção de sub-21 pode levar Rui Vitória a optar por um jogador mais fresco.

É que depois do desaire das duas equipas na ronda passada (as águias empataram em Paços de Ferreira, 0-0; e os portistas tropeçaram em casa com o V. Setúbal, 1-1), os dragões continuaram com menos um ponto do que o líder Benfica.

Além disso, a equipa que vencer no Estádio da Luz fica também com vantagem no confronto direto (na primeira volta registou-se um empate, 1-1), o que é determinante se as equipas terminarem em igualdade pontual. A luta pelo título terá uma batalha decisiva na Luz, mas a guerra está longe de acabar.
Ver comentários