Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Atleta do triatlo desfalece e perde titulo à vista da meta

Jonny Brownlee só conseguiu acabar corrida com ajuda do irmão. Veja o vídeo.
19 de Setembro de 2016 às 19:27
Alistair (à esquerda) arrastou o rimão Jonny até à meta
Alistair (à esquerda) arrastou o rimão Jonny até à meta FOTO: Victor Ruiz/EFE

A última prova do campeonato mundial de Triatlo acabou em drama. A corrida, disputada em Cozumel, no México, era liderada pelo britânico Jonathan (Jonny) Brownlee até à última reta da corrida. Mas o atleta, que se ganhasse a prova iria sagrar-se campeão do mundo, desfaleceu com a meta à vista.


Foi então que o irmão, Alistair -  campeão olímpico do Rio de Janeiro – o alcançou. Seguia em terceiro e pegou em braços no irmão, arrastando-o até à linha de chegada. Os irmãos chegaram em segundo (Jonny) e terceiro (Alistair), numa prova ganha pelo sul-africano Henri Schoeman.

Mas o esforço de ambos não foi suficiente. O espanhol Mario Mola, que liderava o campeonato, chegou em quinto e sagrou-se campeão do mundo, com escassos quatro pontos de vantagem sobre Jonny. Se tivesse ganho a prova, seria campeão do mundo, mas este não era o dia dele.

A federação espanhola apresentou um protesto, exigindo a desqualificação de Jonathan, o que daria a outro espanhol o segundo lugar no campeonato, mas a federação internacional resolveu não sancionar os dois irmãos.

"Encontrei o meu irmão o mais perto da morte que um atleta pode estar. Não tive dúvidas, tinha que o ajudar", contou, no fim da prova Alistair.

O português João Pereira, 13.º classificado, foi o melhor dos quatro representantes lusos na prova mexicana, terminando no 12.º lugar do Mundial. João Silva, no 25.º lugar, foi o segundo melhor português em Cozumel, onde Miguel Arraiolos e Pedro Palma desistiram.

México Jonny Brownlee Alistair Rio de Janeiro triatlo Mario Mola prova atleta desfalece
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)