Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Confusão marca 8.ª etapa da Volta a Portugal

Pelotão seguiu por traçado incorreto a cerca de 16 km da meta.
Marco Ferreira 6 de Agosto de 2016 às 09:03
Momento insólito registado ontem na 8ª etapa da Volta a Portugal em bicicleta, com um burro a correr lado a lado com os ciclistas. Aconteceu em Arruda dos Vinhos, local onde terminou a antepenúltima tirada da competição, depois de alguns enganos numa  ligação de 208,5 quilómetros
Momento insólito registado ontem na 8ª etapa da Volta a Portugal em bicicleta, com um burro a correr lado a lado com os ciclistas. Aconteceu em Arruda dos Vinhos, local onde terminou a antepenúltima tirada da competição, depois de alguns enganos numa ligação de 208,5 quilómetros
Um engano do pelotão no percurso marcou ontem a 8ª etapa da Volta a Portugal em bicicleta.

A cerca de 16 km do fim, o grupo que ia fugido (seis ciclistas) seguiu o traçado correto com 6min 40s de avanço sobre o grupo perseguidor, que errou o percurso. O colégio de comissários decidiu interromper a corrida, fazendo parar o grupo da frente e, após a chegada do pelotão ao mesmo local, a etapa foi retomada, mantendo-se os tempos de diferença.

Com isto, o pelotão fez mais 4 km do que os 208,5 inicialmente previstos. "O percurso estava devidamente identificado e é uma situação inexplicável, que temos de tentar perceber junto dos comissários", explicou Joaquim Gomes, diretor da corrida, ainda durante a etapa.

O vencedor do dia foi Jesus Ezquerra, que deu o primeiro triunfo na Volta ao Sporting/Tavira. O espanhol fugiu do grupo da frente a poucos metros do final e chegou isolado à meta, em Arruda dos Vinhos.

O português Rui Vinhas (13º, W52/FC Porto) continua na liderança da geral (faltam duas etapas) e o colombiano Wilson Diaz (Funvic Soul Cycles) conquistou matematicamente a classificação da montanha.

Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)