Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Denver Broncos e Carolina Panthers discutem o 50.º Super Bowl

Encontro disputa-se no domingo.
5 de Fevereiro de 2016 às 08:47
O intervalo do Super Bowl é o mais caro dos EUA
O intervalo do Super Bowl é o mais caro dos EUA FOTO: EPA
Os Denver Broncos e os Carolina Panthers discutem no domingo a 50.ª edição do Super Bowl de futebol americano, numa luta geracional entre os dois 'quarterbacks', o veterano Peyton Manning e Cam Newton.

São Francisco será o palco do confronto decisivo da Liga norte-americana de futebol americano (NFL), no qual se verificará a maior diferença etária de sempre entre os dois 'quarterbacks', com Manning a ser 13 anos e 48 dias mais velho do que Newton.

Frente a frente estarão pela primeira vez naquela posição num Super Bowl as duas primeiras escolhas do 'draft' e dois estilos diferentes de jogo: o mais tradicional de Manning, baseado no passe, e um mais moderno de Newton, também capaz de correr com a bola - fez 10 'touchdowns' esta temporada.

Cinco vezes melhor jogador da fase regular e considerado um dos melhores na sua posição da história, o 'xerife', de 39 anos e a realizar a 18.ª época na NFL, pode despedir-se da competição após este Super Bowl, naquela que será a sua quarta final, embora apenas tenha vencido uma vez, em 2007, pelos Indianapolis Colts.

Recorde de Peyton Manning
Embora não esteja a ter a sua melhor época (nove 'touchdowns' e 17 interceções), Manning pode tornar-se no mais velho 'quarterback' a vencer o troféu Vince Lombardi, ultrapassando John Elway, o diretor-geral dos Broncos.

Na sua quinta temporada na NFL, Newton fez 35 passes para ensaios e permitiu apenas nove interceções, sendo o grande candidato ao prémio de jogador mais valioso da época regular.

O 'super-homem', de 26 anos, pode tornar-se no primeiro 'quarterback' a vencer o campeonato universitário, o Super Bowl e o troféu Heisman, entregue ao melhor jogador universitário.

Em duelo estarão, pela segunda vez na história, também o melhor ataque e a melhor defesa da fase regular, assim como as duas equipas que venceram as conferências da fase regular, com os Panthers a terminarem com 15 vitórias e uma derrota e os Broncos com 12 triunfos e três desaires.

Broncos são a equipa com mais derrotas no Super Bowl
Comandados por Newton, a equipa de Carolina conseguiu 59 ensaios na fase regular e uma média de 31,2 pontos por jogo, contra 22,2 dos Broncos.

Com um Manning menos inspirado, os Broncos basearam o seu jogo na defesa, permitindo apenas 18,5 pontos por jogo (19,2 para os Panthers) e as equipas adversárias apenas percorreram 283,1 jardas por encontro, quase menos 50 do que as permitidas pelo adversário no Super Bowl.

Os Broncos são a equipa com mais derrotas no Super Bowl, com cinco desaires, o último dos quais em 2014, quando foram 'cilindrados' pelos Seattle Seahawks (43-8), podendo ser a nona equipa a conquistar três cetros.

Já os Panthers estão pela segunda vez na final, depois de terem perdido a final de 2004, frente aos New England Patriots (32-29), com o seu treinador Ron Rivera a poder ser o quarto a repetir a conquista como jogador e técnico.

A experiência pode dar alguma vantagem à equipa de Denver, uma vez que tem 16 jogadores no seu plantel que já jogaram o Super Bowl, enquanto do outro lado estão apenas cinco.

O Super Bowl, como de costume, movimenta milhões, com um período publicitário de 30 segundos a custar cinco milhões de dólares, enquanto o volume esperado das apostas -- legais e ilegais -- ultrapassa os oito mil milhões.

Beyonce vai fazer o sempre aguardado espetáculo do intervalo, sendo a primeira mulher a repetir a presença no Super Bowl.
Denver Broncos Carolina Panthers Super Bowl Peyton Manning desporto futebol americano
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)