Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
4

Gastão Elias derrotou Pedro Sousa no challenger de Turim

Triunfo assegurado em três sets.
Lusa 21 de Abril de 2016 às 17:48
Gastão Elias venceu esta quinta-feira o embate entre tenistas portugueses no challenger de Turim, ao vencer Pedro Sousa em três sets
Gastão Elias venceu esta quinta-feira o embate entre tenistas portugueses no challenger de Turim, ao vencer Pedro Sousa em três sets FOTO: Luís Vieira
Gastão Elias venceu esta quinta-feira o embate entre tenistas portugueses no challenger de Turim, ao vencer Pedro Sousa em três sets para avançar para os quartos-de-final do torneio italiano.

Terceiro cabeça de série do challenger italiano, Elias foi posto à prova por aquele que é um dos seus grandes amigos no circuito, mas acabou por impor-se, por 6-2, 4-6 e 7-5, em duas horas e dois minutos, num encontro de grande nervosismo.

Oriundo da fase de qualificação, Sousa, que ocupa a 392.ª posição do 'ranking' mundial, demonstrou que o seu ranking não traduz o nível de ténis que pode jogar, chegando mesmo a servir para fechar o encontro, com 5-3 no marcador.

No entanto, o número dois nacional e 117.º do 'ranking' mundial quebrou e, no seu serviço, igualou o terceiro parcial a 5-5, fazendo o 'break' de seguida para fechar o encontro.

"Para mim é, sem dúvida nenhuma, um dos jogadores mais difíceis de defrontar no circuito. Houve muita tensão desde o início ao fim. Eu comecei um pouco melhor e ele a fazer alguns erros. No segundo 'set', estive um 'break' à frente, mas ele jogou bastante bem e soltou-se a partir daí", analisou Elias à agência Lusa.

O jovem da Lourinhã reconheceu que no terceiro set nenhum dos dois jogou perto do seu melhor ténis.

"Estávamos os dois muito tensos e a fazer bastantes erros. Acredito que ganhou quem soube lidar melhor com os nervos nos momentos importantes", acrescentou

Pedro Sousa partilhou da mesma opinião, em declarações à Lusa: "Quando enfrentas um amigo, os nervos estão sempre mais presentes. Acho que estávamos os dois um pouco nervosos e ele lidou melhor com a situação que eu ao início. No segundo 'set', consegui jogar melhor e dei a volta ao jogo. Faltou controlar melhor os nervos e estar mais habituado a voltar a jogar a este nível para fechar os jogos. Agora fico a torcer por fora pelo Gastão".

Nos quartos-de-final, Elias vai defrontar o chileno Hans Podlipnik, 210.º jogador ATP.

Pedro Sousa Turim desporto ténis Gastão Elias
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)