Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
3

Hélder Rodrigues prevê um Dakar difícil

Será a 10.ª vez que o piloto participa na prova.
19 de Novembro de 2015 às 18:54
O piloto Hélder Rodrigues
O piloto Hélder Rodrigues FOTO: MCH PHOTO
O piloto Hélder Rodrigues (Yamaha) afirmou esta quinta-feira que espera dificuldades ao longo da edição de 2016 do Rali Dakar, prova em que participará pela 10.ª vez e que espera que seja completamente nova, mas "à moda antiga".

Depois da apresentação oficial da prova, na quarta-feira, em Paris, o 'motard' destaca a segunda semana como a mais difícil do rali, embora saliente troços como o do quarto dia, já na Bolívia, com uma extensão de 592 quilómetros em altitude.

"Logo no quarto dia de corrida vamos entrar na Bolívia e a etapa vai-se realizar a 3.600 metros de altitude o que não será fácil para os pilotos. Vamos ainda encontrar uma longa etapa de 592 quilómetros, também cumprida na Bolívia e em grandes altitudes. No entanto, as grandes dificuldades chegam na segunda semana do rali onde vamos encontrar mais areia", disse.

Com o registo 'invejável' de ter concluído todas as nove participações na prova, o português, que conta com dois pódios no mais difícil rali do mundo (3.º classificado em 2011 e 2013), diz-se motivado para uma prova que parte com responsabilidades acrescidas, pois lidera uma das formações candidatas à vitória.
Hélder Rodrigues Yamaha Rali Dakar desportos motorizados desporto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)