Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
5

Jogador do Benfica protegeu pilotos da aeronave de banhistas

Basquetebolista Nicolas dos Santos estava na praia quando ocorreu a aterragem.
2 de Agosto de 2017 às 22:44
Nicolas dos Santos
Nicolas dos Santos
Nicolas dos Santos
Nicolas dos Santos
Nicolas dos Santos
Nicolas dos Santos

O jogador de basquetebol do Benfica, Nicolas dos Santos ajudou os pilotos da aeronave que aterrou de emergência na praia de São João, na Costa de Caparica e que fez dois mortos, um homem de 56 anos e uma menina de oito.

Nicolas dos Santos protegeu-os de agressões por parte de alguns banhistas que estavam na praia onde a aeronave caiu.

"Estava na praia com a minha mulher e vimos a avioneta a voar de forma estranha, muito baixa, como se estivesse prestes a cair. E vimos mesmo a avioneta a cair na praia e a embater no homem e na menina. Foi muito complicado, viveram-se momentos de muito medo e aflição", afirmou Nicolas dos Santos ao site oficial dos encarnados.

"As pessoas começaram a correr em pânico, a fugir, vimos vários pais a correr com os filhos. Foi horrível", frisou.

"A minha mulher correu para junto da criança e não conseguia parar de chorar (...) porque assistiu a tudo e à aflição da mãe abraçada à filha. Foi horrível. Eu corri para ajudar o nadador salvador, pois havia cada vez mais pessoas a chegar à praia e queriam bater no piloto da avioneta e no tripulante, também eles cheios de medo", afirmou o jogador.

"Eu meti-me no meio para tentar evitar que acontecesse outra tragédia. Quis ajudar. A solução não era bater, era manter a calma e esperar que as autoridades, a polícia e a ajuda médica de emergência chegassem. Manter a calma era o mais importante no momento", acrescentou o basquetebolista.

Benfica Nicolas dos Santos São João Caparica Costa acidentes e desastres
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)