Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

México oferece "todas as garantias" para Mundiais de Natação

Campeonatos serão disputados numa piscina amovível, a ser construída no polidesportivo de Guadalajara.
15 de Janeiro de 2015 às 09:54
Benfica em destaque nos nacionais de natação e recorde para o Algés
Benfica em destaque nos nacionais de natação e recorde para o Algés FOTO: Alessandro Di Meo/EPA

O presidente da Federação Internacional de Natação (FINA), o uruguaio Julio Maglione, confirmou quarta-feira que o México oferece "todas as garantias" para organizar em Guadalajara os Mundiais de 2017.

"Aceitamos as garantidas que nos foram dadas. Até 10 de fevereiro será constituído o comité organizador e estão reunidos uma série de fatores que farão dos Mundiais de 2017 um grande sucesso", disse Julio Maglione, de visita ao México para avaliar as condições oferecidas pelo país para acolher o evento de 2017.

Segundo o projeto apresentado pelos mexicanos, os Mundiais serão disputados numa piscina amovível, a ser construída no polidesportivo de Guadalajara, cidade que apresentou como 'credenciais' a organização dos Jofos Panamericanos de 2011.

Os Mundiais de natação de Guadalajara serão os primeiros depois dos Jogos Olímpicos Rio 2016 e deverão contar com um total de 2.500 atletas de 200 paises.

Ao todo, foram já realizadas 14 edições dos Mundiais de natação, duas delas na América Latina: em 1975, em Cali, Colômbia, e em 1982, em Guayaquil, no Equador.

Os próximos Mundiais disputam-se na cidade russa de Kazan, entre 24 de julho e 09 de agosto deste ano.

presidente da Federação Internacional de Natação Julio Maglione México mundiais
Ver comentários