Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
7

Morreu Américo Silva, vencedor da Volta a Portugal em 68

Antigo atleta faleceu esta quarta-feira em Marselha, França.
Daniela Espírito Santo 18 de Agosto de 2016 às 15:14
O ciclista Américo Silva
O ciclista Américo Silva FOTO: Direitos Reservados
Américo Silva foi vencedor da Volta a Portugal em 1968, numa altura em que Joaquim Agostinho dominava o ciclismo. Mas podia ter saído vencedor da prova "umas duas ou três vezes", garante ao CM o seu antigo colega (e adversário) Joaquim Leite, que recorda com saudade a alegria que Américo dava ao pelotão.

"Numa altura em que o ciclismo português era composto por grandes valores, o Américo era a nossa trave mestra. Foi um dos melhores ciclistas portugueses", salienta, relembrando os dois anos que ambos estavam no Benfica. "Era um colega excelente, com quem podíamos contar sempre. Era a nossa tábua de salvação, um amigo e um grande companheiro", diz.

Joaquim Leite e Américo Silva também foram adversários, quando o primeiro representava o FC Porto. "Como adversário, ele era temível. Era um corredor que não nos deixava facilitar, porque se avançava já não o conseguíamos apanhar", relembra, passando em revista os "tempos de ouro do ciclismo nacional".

Os colegas não o esquecem. "Falei com ele há uns dias porque tinha saudades e queria, juntamente com um grupo de outros colegas, prestar-lhe homenagem. Liguei para saber quando voltava a Portugal, mas não me atendeu com a alegria que sempre tinha", lamentou.

Américo Silva, natural de Abóboda, Cascais, acabaria por falecer esta quarta-feira, aos 69 anos. A família encontrou-o na cama. "Morreu durante o sono", confirmou ao CM o genro do ciclista. O velório decorre agora em Marselha, França, local onde estava emigrado desde os anos 70. O funeral deverá ser marcado para este sábado.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)