Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto

Morreu Fausto Gresini vítima da Covid-19. Ex-piloto deixou marca no motociclismo e liderou equipa no MotoGP

Piloto conquistou dois títulos mundiais nas motas de 125cc em 12 temporadas antes de passar para a gestão de equipas.
Correio da Manhã 23 de Fevereiro de 2021 às 10:29
Fausto Gresini
Fausto Gresini FOTO: Reuters

O patrão da equipa de MotoGP e campeão mundial do motociclismo, Fausto Gresini, morreu esta terça-feira aos 60 anos em Bolonha, dois meses após ter contraído Covid-19.

O italiano foi colocado em coma induzido num hospital de Bolonha em dezembro, tendo sido retirado desse estado depois da sua condição ter melhorado, já em janeiro.

No entanto, os graves problemas respiratórios acabaram por persistir e as complicações de saúde forçaram mesmo a equipa a colocar o ex-piloto novamente em coma em meados de fevereiro.

"É uma notícia que desejávamos nunca ter de partilhar. Após dois meses a lutar contra a covid-19, Fausto Gresini morreu, pouco tempo após ter completado 60 anos", informou a Aprilia Racing Team Gresini, em comunicado esta terça-feira.

Gresini, que foi campeão mundial da categoria inferior (antecessora da Moto3) em 1985 e 1987.

Ao longo da carreira de piloto na classe mais baixa do motociclismo de velocidade, entre 1983 e 1994, o italiano venceu 21 corridas, subiu 47 vezes ao pódio e conquistou 17 'pole positions', em 133 grandes prémios, tendo sido também vice-campeão em 1986, 1991 e 1992.

Fausto Gresini MotoGP Covid-19 Bolonha desporto eventos desportivos campeonato do mundo ralis
Ver comentários