Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Rafael Gil e Vasco Gaspar falham qualificação para Rio2016

Prova de qualificação de águas abertas.
12 de Junho de 2016 às 20:18
Vasco Gaspar classificou-se na 36.ª posição da prova de qualificação de águas abertas
Vasco Gaspar classificou-se na 36.ª posição da prova de qualificação de águas abertas FOTO: Direitos Reservados
Os nadadores portugueses Rafael Gil e Vasco Gaspar falharam este domingo a qualificação para os Jogos Olímpicos Rio2016, ao classificarem-se, respetivamente, nas 28.ª e 36.ª posições da prova de qualificação de águas abertas.

Desta feita e ao contrário do que ocorreu em 2012 com Lavrentyev, o estuário do Sado não embalou os atletas nacionais para o apuramento olímpico.

Com apenas 19 anos, Rafael Gil acabou por ser o nadador português melhor posicionado na dura maratona de dez quilómetros, terminando a competição no 28.º posto, enquanto Vasco Gaspar foi 36.º, numa prova vencida pelo chinês Lijun Zu (tempo de 1:52,18 horas), que imitou a compatriota Xin Xin, vencedora da competição feminina na véspera.

Gil terminou a corrida emocionado e com lágrimas nos olhos, mas no final foi bastante apoiado pelos seus fãs e colegas da União Piedense.

"Dei tudo o que tinha, mas não consegui chegar no lote dos primeiros classificados. Na última volta ainda me colei ao alemão Waschburger, mas o ritmo era muito elevado. Mesmo assim ainda recuperei dez posições relativamente à quinta volta", sublinhou o jovem atleta, que registou o tempo de 1:56,53 horas.

Rafael Gil diz que agora vai "começar a pensar nos Jogos Olímpicos de Tóquio".

"Ainda só tenho 19 anos e muito tempo pela frente para me preparar. Não vou desanimar com esta classificação", adiantou Rafael Gil.

Vasco Gaspar demorou cerca de meia hora a recuperar do esforço despendido. O nadador da União Piedense falhou o abastecimento nos finais da primeira e da quarta volta e isso acabou por lhe ser fatal.

"Não quero arranjar desculpas por ter falhado a qualificação olímpica, mas levo uma vida muito dura, entre os estudos e os treinos. Terminei há poucos dias o curso de medicina dentária e, às vezes, é bastante complicado conciliar as duas coisas. A minha atitude tem sido não deixar nada para trás. Mas estou orgulhoso do meu percurso", referiu Vasco Gaspar.

Bastante satisfeita com a forma como decorreu este evento de apuramento olímpico estava Maria das Dores Meira.

"A cidade de Setúbal já figura no mapa da natação mundial. Há poucos anos, nesta estrutura de Albarquel, só existia mato. Agora recebemos alguns dos melhores atletas nacionais", frisou a presidente da autarquia setubalense.

Nas águas do Sado conseguiram o apuramento para o Rio os seguintes atletas: Lijun Zu (China), Christian Reichert (Alemanha), Ochoa Enredica (Venezuela), Evgeni Drattcev (Rússia), Ous Mellouli (Tunísia), Richard Nagy (Eslováquia), Jarred Poort (Austrália), Yasunani Hurai (Japão), Chad Ho (África do Sul), Ventsislav Aydarski (Bulgária), Mark Papp (Hungria), Vitaly KhudyaKov (Cazaquistão),Francis Radford (Nova Zelândia) e Erwin Maldonado (Venezuela).
Rafael Gil Vasco Gaspar Jogos Olímpicos Rio2016 natação
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)