Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
2

Prova de motos do GP Macau termina definitivamente com aparatoso acidente com seis pilotos. Três ficaram feridos

Não haverá vencedores pela primeira vez na história da prova.
Lusa 16 de Novembro de 2019 às 10:31
Prova de motos do GP Macau termina definitivamente com aparatoso acidente com seis pilotos. Três ficaram feridos
Prova de motos do GP Macau termina definitivamente com aparatoso acidente com seis pilotos. Três ficaram feridos FOTO: Twitter
A prova de motos do Grande Prémio de Macau foi cancelada este sábado devido a um aparatoso acidente que envolveu seis pilotos e feriu três, anunciou a organização.

Três pilotos foram hospitalizados na sequência do acidente, mas nenhum corre perigo de vida, indicou a organização, em conferência de imprensa.

Os pilotos em questão são o canadiano Dan Kruger, o finlandês Erno Kostamo e o irlandês Derek Sheils, que estavam conscientes quando foram retirados do circuito, foi anunciado.

A 53.ª edição do Grande Prémio de Motos foi cancelada de forma definitiva e não haverá vencedores pela primeira vez na história da prova.

O grave acidente que obrigou a levantar a bandeira vermelha decorreu na segunda volta e são necessárias pelo menos três para que seja declarado um pódio.

O piloto português André Pires caiu logo na primeira volta.

A corrida de motos do ano passado foi ganha pelo britânico Peter Hickman, que ficara em segundo lugar na mesma prova em 2017, marcada pelo acidente mortal do piloto britânico Daniel Hegarty.

O GP de Macau inclui três corridas de carros - as taças do mundo de Fórmula 3, GT e de carros de turismo (WTCR) -, bem como a 52.ª edição do Grande Prémio de motos, além da taça de carros de turismo de Macau e a taça da Grande Baía.
Macau desporto desportos motorizados GP Macau acidentes e desastres prova de motos
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)