Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundial 2022

Portugal enfrenta Uruguai no jogo 'cartaz' e pode garantir oitavos

Equipa comandada por Fernando Santos está a uma vitória de garantir a fase seguinte do Mundial 2022.
Lusa 26 de Novembro de 2022 às 09:20
Portugal - Gana
Portugal - Gana FOTO: ALBERT GEA/Reuters
Portugal enfrenta o Uruguai, na segunda-feira, num encontro 'cartaz' do Grupo H em que pode selar a passagem aos oitavos de final do Mundial2022, bastando para isso o triunfo sobre o emblema sul-americano.

A equipa comandada por Fernando Santos está a uma vitória de garantir a fase seguinte, que atingiu na última edição, em 2018, na Rússia, onde 'caiu', precisamente, perante o conjunto 'celeste' (2-1), pelo que as recordações não são as melhores.

Apesar de ter entrado a vencer na estreia, face ao Gana (3-2), com golos de Cristiano Ronaldo (65 minutos, de penálti), João Félix (78) e Rafael Leão (80), a exibição oscilou entre bons e maus momentos, face às debilidades defensivas indesculpáveis e ao susto protagonizado pelo guarda-redes Diogo Costa mesmo a terminar - bem pode agradecer a Iñaki Williams a 'escorregadela' no relvado do Estádio 974, em Doha.

Frente ao Uruguai, que se estreou com um 'nulo' (0-0) ante a Coreia do Sul, de Paulo Bento, a exigência será maior, certamente, tendo em conta o poderio coletivo e as individualidades que os sul-americanos apresentam.

Espera-se que o selecionador luso faça algumas alterações no 'onze', nomeadamente na defesa, com as entradas do lateral esquerdo Nuno Mendes, embora ainda se encontre a recuperar de problemas físicos, para o lugar de Raphaël Guerreiro, e do experiente central Pepe, em detrimento de Danilo.

O defesa João Cancelo esteve em destaque pela negativa frente aos ganeses, muito por culpa das más abordagens defensivas nos dois tentos consentidos, e não seria surpreendente se Diogo Dalot pudesse ocupar a lateral direita. O guarda-redes Diogo Costa e o central Rúben Dias devem continuar entre os titulares.

De resto, no meio-campo, Bruno Fernandes, autor de duas assistências na ronda um, e Bernardo Silva devem permanecer, enquanto Rúben Neves e Otávio, que saiu com queixas, podem dar lugar a Palhinha e William Carvalho, respetivamente.

Já no ataque, o capitão Cristiano Ronaldo poderá continuar a ter a companhia de João Félix.

Por sua vez, o campeão do Mundo em 1930, na primeira edição, e em 1950, rejuvenescido na equipa técnica com o estreante Diego Alonso, que rendeu o 'eterno' Óscar Tabárez, não deve apresentar-se muito diferente, tendo em conta o duelo com o coreanos, ficando a incerteza se Edinson Cavani será titular, já que foi suplente utilizado.

Os sportinguistas Sebastián Coates e Manuel Ugarte ainda foram não foram lançados e é pouco provável que venham a ser opção contra os lusos.

A equipa das 'quinas' defrontará o Uruguai na segunda-feira, às 22h00 locais (19h00 em Lisboa), no Estádio Lusail, o maior da prova, com capacidade para 80 mil espetadores, que acolhe um total de nove encontros, incluindo a grande final, em 18 de dezembro.

A dois de dezembro, pelas 18h00 locais (15h00 em Lisboa), segue-se a Coreia do Sul, de Paulo Bento, na derradeira jornada da 'poule'.

A 22.ª edição do Campeonato do Mundo decorre até 18 de dezembro, no Qatar.

Ver comentários
C-Studio