Barra Cofina

Correio da Manhã

Mundial 2022

Portugal vai para a lista negra do Qatar depois do Mundial 2022

Declarações do presidente da República sobre direitos humanos no país organizador do campeonato do mundo de futebol não caíram bem ao governo qatari.
Correio da Manhã 26 de Novembro de 2022 às 11:25
Marcelo Rebelo de Sousa
Marcelo Rebelo de Sousa FOTO: JOSÉ COELHO/lusa
Portugal vai para a lista negra do Qatar assim que terminar o Mundial 2022, devido às declarações sobre direitos humanos feitas pelo presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, quando visitou o país, avança o jornal Nascer do Sol este sábado.

O governo qatari, que já tinha considerado "hostis" as palavras de Marcelo Rebelo de Sousa e do primeiro-ministro António Costa, não terá gostado da intervenção do presidente, numa conferência em Doha, a respeito de direitos humanos, à margem do jogo Portugal-Gana. 

O embaixador português em Doha, Paulo Pocinho, foi chamado ao vice-primeiro ministro do Qatar, que lhe fez chegar o desagrado face à situação.

De acordo com o que o jornal Nascer do Sol apurou, o incidente está a levar o corpo diplomático português a reunir esforços para que a situação não tome outras proporções e se mantenha o bom relacionamento entre os países. 

Além de Portugal, também a Dinamarca, a Alemanha e a França estão na mira do país organizador do Mundial 2022, depois das críticas públicas feitas ao país.
Portugal Qatar Doha Marcelo Rebelo de Sousa António Costa política governo (sistema) Mundial 2022
Ver comentários
C-Studio