Barra Cofina

Correio da Manhã

Desporto
6

Chile vence Camarões por 2-0

Vídeo-árbitro anulou um golo e a validou outro aos sul-americanos.
Mário Figueiredo 18 de Junho de 2017 às 22:11
Chile e Camarões empatam por duas bolas
Chile e Camarões empatam por duas bolas
Chile e Camarões empatam por duas bolas
Chile e Camarões empatam por duas bolas
Chile e Camarões empatam por duas bolas
Chile e Camarões empatam por duas bolas
Chile e Camarões empatam por duas bolas
Chile e Camarões empatam por duas bolas
Chile e Camarões empatam por duas bolas
Chile e Camarões empatam por duas bolas
Chile e Camarões empatam por duas bolas
Chile e Camarões empatam por duas bolas
Chile e Camarões empatam por duas bolas
Chile e Camarões empatam por duas bolas
Chile e Camarões empatam por duas bolas
O Chile sofreu mas venceu os Camarões (2-0) num jogo equilibrado que ficou marcado por duas decisões do vídeo-árbitro.

Os chilenos foram a equipa mais regular. Entraram forte e mostraram bom sentido táctico. Arturo Vidal é o motor da equipa, com grande visão de jogo. Que o diga Vargas, que foi desperdiçando boas ocasiões .

O desacerto na finalização acabou por condicionar o Chile. E tudo piorou quando, nos descontos da priemira parte, viram um golo anulado a Vargas pelo vídeo-árbitro, por fora de jogo.

Após o intervalo, a equipa dos Camarões, com o portista Aboubakar a apresentar-se como jogador mais perigoso, acreditou que podia contrariar o favoritismo chileno. Com um futebol apoiado na força e velocidade, sacudiu a pressão.

Pizzi, ex-jogador do FC Porto e atual selecionador chileno, percebeu as dificuldades e tirou do banco Alexis Sánchez, que estava a ser poupado por estar lesionado. Trouxe criatividade e golo, ao assistir Vidal no 1-0.

Já ao cair do pano, Alexis Sánchez passou por dois adversários e Vargas fez o 2-0. O fiscal de linha anulou, mas o vídeo- -árbitro confirmou o golo.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)