Barra Cofina

Correio da Manhã

Domingo
6
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante faça LOGIN Assine Já

António Oliveira: “‘Acaba comigo que eu agora sou um farrapo’, disse o capitão”

No batismo de fogo, o comandante da minha companhia ficou sem uma perna e queria que eu o matasse.
Marta Martins Silva 25 de Maio de 2022 às 11:00
Exclusivos
 Aquartelamento construído pela companhia
Aquartelamento construído pela companhia FOTO: Direitos Reservados
Chegámos à Guiné no dia 2 de julho de 1971. Houve muitas coisas que me marcaram, mas tive dois episódios de que ainda hoje me lembro. O primeiro foi o nosso batismo de fogo. Estávamos a fazer uma patrulha em Mansabá, com dois pelotões. No princípio da patrulha iam os picadores a detetar minas, um ou dois soldados e a seguir o capitão miliciano, que era o comandante da companhia.



Ver comentários
Hoje nas bancas
Capa do Dia
A primeira página do Correio da Manhã e o acesso ao e-paper Ver todas as
primeiras páginas

Clube CM+ Conheça todas as vantagens e produtos exclusivos para os assinantes do Correio da Manhã

"2 Duros de Roer": ganhe convites para as antestreias com a presença de Fernando Rocha!

Ver Mais

20 - Palavras Cruzadas, Sudoku, Sopa de Letras, Anagramas e muito mais. Faça já download do eBook.

Ver Mais

19 - Palavras Cruzadas, Sudoku, Sopa de Letras, Anagramas e muito mais. Faça já download do eBook.

Ver Mais

Livro “Grandes Operações da Grande Guerra Colonial. Portes incluídos

Ver Mais

Rubens Hotels Royal Village 4*: Estadia com Pequeno-Almoço, Acesso à Piscina e Oferta de Criança até 12 Anos desde 39.90€. Visite Gaia e Porto!

Ver Mais
}