Correio da Manhã

Portugueses obrigados a pagar 2300 euros a mais pela energia elétrica
Foto Vítor Mota
Abel Mateus
Foto Vítor Mota
Abel Mateus
Foto Vítor Mota
Abel Mateus, antigo presidente da Autoridade da Concorrência
Por Lusa | 12:53
  • Partilhe
Abel Mateus defende que é preciso reduzir esse "fardo".

O antigo presidente da Autoridade da Concorrência Abel Mateus estimou esta terça-feira que "no setor elétrico os consumidores já suportaram um sobrecusto de cerca de 23 mil milhões de euros", defendendo a necessidade de reduzir "este fardo".

Abel Mateus está esta manhã a ser ouvido na comissão parlamentar de inquérito às rendas excessivas de energia e, no final da sua intervenção inicial, defendeu a necessidade de reduzir "o esforço de subsidiação dos portugueses".

"No setor elétrico os consumidores já suportaram um sobrecusto de cerca de 23 mil milhões de euros", estimou. Ou seja, 2300 mil euros a mais para cada português.

A este sobrecusto junta-se, segundo o antigo presidente da Autoridade da Concorrência, os 25 mil milhões de euros que os contribuintes "já foram chamados a contribuir" para o setor bancário. 

"A redução deste fardo é o desafio que se põe a este parlamento", apelou.

PUBLICIDADE

Siga o CM no Facebook.

  • Partilhe
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE