Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

"2010 foi excelente ano" para Mota-Engil em Angola

O presidente executivo da Mota-Engil disse à agência Lusa que "2010 foi um excelente ano em termos de negócios, de rentabilidade e e de perspectiva para o futuro" para a operação que o grupo possui em Angola.
8 de Fevereiro de 2011 às 20:58
Coelho afirmou que "tudo está a correr com normalidade e de acordo com tudo o que estava combinado e articulado"
Coelho afirmou que 'tudo está a correr com normalidade e de acordo com tudo o que estava combinado e articulado' FOTO: Pedro Catarino

A Mota-Engil "abriu o capital da empresa a parceiros angolanos e estamos muto satisfeito com aquilo que estamos a desenvolver, não só em Angola mas nos países africanos em que estamos", disse.  

As declarações de Jorge Coelho foram feitas à margem do Congresso das Exportações, em Santa Maria da Feira, onde o antigo ministro de Estado e do Equipamento Social interveio, no painel Logística e Infraestruturas. 

Presente em Angola "há já 60 anos", o grupo Mota-Engil encontra-se implantado também noutros países africanos como Moçambique e Malawi e vai a caminho do Zimbabwe e da África do Sul.  

Questionado sobre o pagamento das dívidas ao grupo em Angola, o gestor afirmou que "tudo está a correr com normalidade e de acordo com tudo o que estava combinado e articulado".  

Coelho escusou-se a falar sobre os resultados que a Mota-Engil obteve no ano passado. "Somos uma empresa cotada e não podemos divulgar isso antes de apresentar contas e ter a assembleia-geral respectiva", justificou.  

O responsável aconselhou as empresas e empresários que queiram ir para Angola a contar "com limitações e a escolher bem os parceiros, escolher os quadros que vão enviar para lá, estar em boa situação financeira e com perspectivas de médio e longo prazo" e a avançar "com prudência".  

"Mas acho que é um bom mercado", completou.  

jorge coelho mota-engil construção angola moçambique áfrica
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)