Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Receitas da Meo em 2016 recuam 1,5% para 2.312 milhões de euros

Empresa conta com um total de 478 mil clientes de fibra, tendo três milhões de casas e empresas passadas no final de 2016.
8 de Março de 2017 às 18:17
MEO
Televisão
MEO
Televisão
MEO
Televisão
As receitas da PT Portugal/Meo recuaram 1,5% em 2016, face ao ano anterior, para 2.312 milhões de euros, enquanto no quarto trimestre subiram 0,5% para 580 milhões de euros, anunciou hoje a Altice.

Embora as receitas anuais da operadora de telecomunicações tenham caído no ano passado, a queda foi menor do que a de 2015, quando recuaram 7,3%.

Excluindo o impacto regulatório, nomeadamente a descida das terminações móveis, a receita diminuiu 0,5% em termos anuais.

O resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA) cresceu 12,5% para 1.089 milhões de euros.

No ano passado, o investimento (CAPEX ajustado) cresceu 20,5% para 399 milhões de euros, fruto da aposta na expansão da rede de fibra ótica e na requalificação da rede móvel.

No quarto trimestre, as receitas da PT Portugal subiram 0,5% para 580 milhões de euros, suportado numa melhoria sustentada de todos os segmentos de negócio e invertendo a tendência que se verificava há 32 trimestres.

Excluindo o impacto regulatório, nomeadamente a descida das terminações móveis, a receita cresceu 1,3% nos últimos três meses do ano.

No período, o EBITDA subiu 7,85 para 265 milhões de euros.

A Meo conta com um total de 478 mil clientes de fibra, tendo três milhões de casas e empresas passadas no final de 2016.

De acordo com o 'chairman' (presidente do Conselho de Administração) e presidente executivo da PT Portugal, Paulo Neves, "2016 foi um ano de consolidação para o grupo Altice, que se afirma hoje como uma multinacional líder, convergente em telecomunicações e media".

"Os resultados que hoje apresentamos em Portugal, a par do que se verificou em França e o forte desempenho nos EUA, mostram uma clara inversão na tendência de queda de receitas que se verificava há 32 meses e são a prova de que, em menos de dois anos, a estratégia adotada pela Altice permitiu à PT retomar o caminho do crescimento", acrescentou, citado em comunicado.

Também o presidente executivo da Altice, Michel Combes, tinha sublinhado o desempenho das receitas da PT Portugal.

"Portugal regressou ao crescimento das receitas pela primeira vez em muitos anos", destacou.
Portugal Altice EBITDA Meo CAPEX PT Portugal Paulo Neves
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)