Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

860 MIL AVES SERÃO DESTRUÍDAS

O Ministério da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas revelou ontem em comunicado, tal como tinha prometido, os nomes de três explorações avícolas onde as contra-análises acusaram que os frangos continuaram a ingerir nitrofurano. Estas empresas possuíam nas suas instalações mais de 860 mil aves que agora vão ser abatidas.
8 de Março de 2003 às 00:12
A Sociedade Avícola Avarela, próxima das Caldas da Rainha (com 97255 perus sob sequestro), a Exploração Avícola Herdade da Daroeira, de Santiago do Cacém (746.822 frangos), e a Novagro, de Ílhavo (com 18 mil frangos), foram as primeiras empresas denunciadas pelo Ministério da Agricultura. O Governo garante que vai agora proceder à “participação ao Ministério Público da situação, uma vez que já tinham havido análises positivas da primeira vez.

Assim e de acordo com a legislação em vigor, a Direcção-Geral de Veterinária “irá ordenar o abate e destruição das respectivas aves”, pode ler-se no documento do Ministério da Agricultura, que acrescenta que “todos os operadores que, a qualquer título, detenham ou comercializem produtos avícolas provenientes das referidas explorações, deverão de imediato proceder à sua retirada do mercado, devendo os produtores identificados” proceder “à sua recolha com vista à sua destruição”.

À Direcção-Geral de Fiscalização e Controlo da Qualidade Alimentar foram dadas instruções “no sentido de fiscalizar, no âmbito das suas competências, a concretização da obrigação de retirada do mercado. O Laboratório Nacional de Investigação Veterinária, por seu turno, vai continuar com as contra-análises às restantes explorações sob sequestro.

O ministério de Sevinate Pinto considera que a divulgação destes elementos “permite aumentar o nível de segurança alimentar e a confiança dos consumidores”, além de contribuir para “a recuperação do sector avícola e para a generalização da utilização de boas práticas de produção animal que devem, em todos os casos, ser escrupulosamente cumpridas”. O organismo está convencido que com o rigor da sua actuação, deu “um passo significativo para a credibilização das instituições públicas”.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)