Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
7

94 sem salário

Governo analisa despedimento de portugueses em Inglaterra
16 de Agosto de 2013 às 01:00
Houve pressões para se despedirem estrangeiros
Houve pressões para se despedirem estrangeiros FOTO: Toby Melville/Reuters

O governo português já está a analisar o caso dos 94 portugueses que foram despedidos e com salário em atraso em Birmingham, Inglaterra.

A Secretaria de Estado das Comunidades já pediu à Autoridade para as Condições do Trabalho que investigasse o caso. A sua congénere inglesa também já está em cima do assunto.

O caso faz referência a 106 portugueses que estavam a trabalhar numa obra em Birmingham, dos quais apenas 12 se mantêm. A Bespoke Resources & Recruitment Limited, empresa que recrutou os portugueses, acusa alguns de terem recebido sem trabalhar e outros de mau comportamento.

Os portugueses, por seu lado, reclamam quebra de contrato, havendo ainda suspeitas de xenofobia, tendo havido pressões para despedir estrangeiros.

salário despedimento Reino Unido Birmingham Inglaterra emigrantes xenofobia
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)