Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

“A desindustrialização levou o investimento”

Medina Carreira, Fiscalista e ‘opinion maker’, sobre a ‘Decadência do Ocidente’ em palestra na Ordem dos Economistas
14 de Dezembro de 2011 às 01:00
“A desindustrialização levou o investimento”
“A desindustrialização levou o investimento” FOTO: DR

Correio da Manhã – É possível manter a Europa com o mais alto nível de vida do Mundo?

Medina Carreira – Não, resistirá no máximo 10 a 20 anos. A prosperidade devia-se, além dos impérios coloniais, à industrialização, que nos tirou da pobreza da agricultura. Porém, a análise do crescimento económico e do emprego nos últimos 25 anos revela que se desindustrializou e os trabalhadores passaram para os serviços, que exigem menos formação e pagam piores salários. A indústria deslocalizou-se para Oriente e levou o investimento.

– Porque aconteceu isso?

– A principal diferença é o custo dos salários, a que se juntam as contribuições sociais. Os impostos subiram muito para manter o Estado Social. E, quanto mais impostos houver, menos a economia cresce.

– Mas o Ocidente ficou com as novas tecnologias?

– São irrelevantes. Mesmo nos EUA não valem mais do que 4% dos empregos.

– Que pode fazer Portugal?

– Arrumar a casa e criar condições para que venham para cá investir e ganhar dinheiro.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)