Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

Acusação: Machado tranquilo

O director Regional dos Assuntos Fiscais da Madeira está de"consciência tranquila" em relação às acusações de fraude fiscal e branqueamento de capitais imputadas pelo Ministério Público e considerou esta segunda-feira não estar em causa as suas funções.

25 de Julho de 2011 às 14:44
João Machado tranquilo
João Machado tranquilo FOTO: D.R.

"Naturalmente que estou de consciência tranquila, até porque estas situações se esclarecem e resolvem em sede própria", disse à agência Lusa, no Funchal,  João Machado, explicando que a acusação se reporta a "eventuais factos fiscais"  de 2005, quando "já não era dirigente" do Clube Desportivo Nacional (CDN). 

Um comunicado da Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa indica ter sido deduzida acusação contra os membros da direcção do CDN "por indiciação de factos passíveis  de consubstanciar um crime de fraude qualificada, um crime de fraude contra  a Segurança Social e um crime de branqueamento".  

Madeira; Acusação; Fisco; Branqueamento de capitais; Fraude
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)