Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

Aeroporto de Beja pode receber companhias ‘low cost’

O Governo está a ponderar a utilização do aeroporto de Beja como alternativa para receber as companhias aéreas de baixo custo ('low cost'), segundo uma resposta do Ministério da Economia ao deputado do PCP João Ramos.
6 de Janeiro de 2012 às 16:52
Ministério de Álvaro Santos Pereira pondera solução para Aeroporto de Beja
Ministério de Álvaro Santos Pereira pondera solução para Aeroporto de Beja FOTO: Mário Cruz/Lusa

"O aeroporto de Beja está a ser equacionado como alternativa para receber companhias 'low cost'", pode ler-se na resposta do Ministério da Economia e do Emprego, datada de 3 de Janeiro. O Ministério tutelado por Álvaro Santos Pereira refere, no entanto, que "ainda não estão definidos os critérios que irão presidir à escolha dessa alternativa".  

A 19 de Dezembro, o secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, esteve em Beja e participou numa reunião com autarcas, deputados e agendes económicos do Baixo Alentejo, tendo lançado o desafio de criar um grupo de trabalho para definir "soluções de consenso" para o desenvolvimento do aeroporto de Beja.  

O governante explicou, na altura, que o objectivo do grupo de trabalho seria "encontrar alternativas para estimular a utilização" do aeroporto de Beja, que afirmou ser um "pólo de retracção", porque existem "contas a pagar, que oneram o Estado e as entidades que participam no capital da Empresa de Desenvolvimento do Aeroporto de Beja (EDAB)".  

Em Novembro, o Governo anunciou a criação de um grupo de trabalho para definir a localização da base da companhia aérea ‘low cost' EasyJet. A decisão deverá ser conhecida no final deste ano.  

aeroporto beja empresas low cost aviação governo álvaro santos pereirs
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)