Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
5

Agência de rating portuguesa pode ser aprovada brevemente

A aprovação do registo da Companhia Portuguesa de Rating (CPR) está para breve, disse esta quarta-feira o director da empresa, Pedro Braga da Cruz, afirmando que o registo junto do regulador europeu reforça o potencial de internacionalização das agências europeias.
24 de Agosto de 2011 às 13:15
O registo na ESMA é essencial para as empresas de notação financeira poderem ter as portas abertas, mesmo no mercado interno
O registo na ESMA é essencial para as empresas de notação financeira poderem ter as portas abertas, mesmo no mercado interno FOTO: Kacper Pempel/Reuters

"Encontramo-nos em processo de registo junto da Autoridade Europeia dos Mercados de Valores Mobiliários (ESMA - European Securities and Markets Authority), que estará provavelmente para breve, tal como se encontram muitas outras agências" europeias, disse Pedro Braga da Cruz à agência Lusa.

A ESMA é a agência europeia independente que vela pela transparência e pelo funcionamento dos mercados de capitais e coordena os reguladores de bolsa da União Europeia.

Depois de mais de seis meses de um processo que envolveu a entrega de informação e uma fase de perguntas e respostas, a CPR espera que a decisão positiva possa sair nas próximas semanas.

"Não me cabe a mim definir uma data para quando as autoridades vão tomar uma decisão, mas da mesma forma que sobre outras agências de rating tenham vindo a tomar decisões, é normal que venham a tomar uma decisão sobre a CPR mais semana, menos semana", referiu Pedro Braga da Cruz.

"Pode sempre haver necessidade de dar mais alguma informação, portanto não me cabe dizer quando é que as autoridades vão tomar uma decisão sobre o registo", acrescentou.

O registo na ESMA é essencial para as empresas de notação financeira poderem ter as portas abertas, mesmo no mercado interno, mas Pedro Braga da Cruz sublinhou também o papel do registo no reforço do sistema europeu de agências de rating.

"Para além de ser um potencial de internacionalização das agências locais para toda a Europa, e responde assim à necessidade de ter agências de rating a nível europeu é, antes de mais, uma necessidade absoluta para poder continuar a actuar no mercado da mesma forma que cada uma das agências já vinha a actuar até aqui", referiu.

A CPR atribui notações de risco desde 1988 no mercado português, e tem actualmente cerca de trinta clientes.
A empresa esperava ter concluído em Junho o processo de registo na ESMA.

ESMA rating Companhia Portuguesa de Rating cpr agências europa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)