Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
5

Agricultura: Governo arrenda terras

Os primeiros 165 hectares de um total de 600 que restaram da reforma agrária foram esta segunda-feira colocados a leilão pelo ministério da Agricultura para contrato de arrendamento. A ministra da Agricultura, Assunção Cristas, referiu na visita a esta parcela em Aguiar, Viana do Alentejo, que a preferência será dada aos jovens agricultores.
16 de Abril de 2012 às 13:17
Assunção Cristas visitou Aguiar, em Viana do Alentejo
Assunção Cristas visitou Aguiar, em Viana do Alentejo FOTO: Alexandre M. Silva

“Dos factores mais ponderados é serem jovens agricultores com menos de 40 anos”, disse a ministra que garantiu “preços acessíveis” por hectare. “Hoje é mais fácil arrendar do que comprar. O ponto para o Estado não é retirar daqui rendimento, mas aumentar a expressão da agricultura na nossa economia criando equilíbrio entre o que importamos e exportamos”, acrescentou.

 

A ministra adiantou ainda que o Governo pretende colocar  “mais terreno agrícola” no mercado por forma a aumentar a produção nacional.

 

“Todos o hectares são poucos para as nossas necessidades. Agora são 600 hectares. Amanha serão mais alguns que estamos a juntar nas direcções regionais”, sublinhou Assunção Cristas que não quis comentar esta manhã o processo de reconversão dos aviários que poderá levar as empresas produtores de ovos a abater cerca de 3 milhões de galinhas em Julho por não cumprirem um directiva comunitária que obriga ao melhoramento das gaiolas. “O ministério está a acompanhar o processo que se arrasta há 12 anos”, frisou. 

agricultura assunção cristas leilão ministério da agricultura
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)