Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

AJAP VAI ABANDONAR CAP

A Associação dos Jovens Agricultores de Portugal (AJAP) reuniu-se ontem em assembleia geral e decidiu abandonar a Confederação da Agricultura Portuguesa (CAP).
20 de Outubro de 2002 às 00:05
“Não se trata de avaliar prejuízos ou receitas mas, durante todos estes anos, a AJAP evoluiu e agora vai traçar o seu caminho sozinha”, afirmou ao CM o presidente da AJAP, Firmino Cordeiro. No entanto, as divergências entre as duas organizações são conhecidas e remontam a 1995, quando a CAP instaurou um processo judicial para expulsar a associação de jovens.

Os tribunais acabaram por dar razão à AJAP e, em Março deste ano, esta foi reintegrada na confederação. Mas, passados sete meses, a AJAP decidiu questionar os seus associados sobre a manutenção ou não da sua filiação na CAP. E ficou decidido, segundo o seu presidente, que “não faz mais sentido continuar filiado na CAP”.

A AJAP é a maior organização juvenil do sector agrícola, representando cerca de 12 mil jovens agricultores entre os 18 e os 40 anos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)