Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Alfândegas com novo director

A Direcção Geral das Alfândegas e Impostos Especiais sobre o Consumo (DGAIEC) terá um novo responsável em Julho. O nome apontado é o de Luís Laço, funcionário da casa que se encontra em funções na Representação Permanente de Portugal em Bruxelas (REPER).
31 de Maio de 2005 às 00:00
Aquele responsável esteve 10 anos ao serviço da Comissão Europeia e é considerado um especialista em assuntos alfandegários.
Luís Laço substitui Ana Jordão, ex-chefe de gabinete de Vasco Valdez, que foi nomeada responsável pelas Alfândegas pela ex-ministra das Finanças, Manuela Ferreira Leite.
A substituição deverá ocorrer em Julho, altura em que termina a comissão de Luís Laço junto da REPER. O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, João Amaral Tomás, já procura um substituto para o lugar que vai vagar naquele organismo europeu, algumas fontes contactadas pelo CM falam num ex-assessor de António Vitorino.
De ‘pedra e cal’ parece estar Paulo de Macedo à frente da Direcção Geral dos Impostos (DGCI). O próprio ministro das Finanças já manifestou a sua intenção de pedir ao Millenium/ /BCP a prorrogação da comissão de serviço daquele quadro superior. O pedido terá tido resposta positiva por parte do novo presidente do banco, Paulo Teixeira Pinto.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)