Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
6

Alteração do IVA sobre produtos lácteos penaliza sector

Uma alteração "desadequada" do IVA sobre produtos lácteos de taxa reduzida no âmbito das medidas de austeridade vai "penalizar fortemente o sector e será um ataque fiscal à inovação e à diferenciação", alertou hoje a Associação Nacional dos Industriais de Laticínios (ANIL).
21 de Junho de 2011 às 14:30

Para a ANIL, uma  hipotética mudança vai dar origem a uma quebra do consumo, o que terá "um  impacto gravoso sobre o escoamento e valorização da matéria-prima e sobre  os preços dos produtos mais básicos".  

No dia de tomada de posse do Governo liderado por Pedro Passos Coelho,  a ANIL disse, em comunicado, esperar "manter um relacionamento leal, franco  e construtivo" com a nova ministra da Agricultura, Assunção Cristas.  

 

 

A ANIL apelou ao novo Executivo para a necessidade de, por um lado,  em Bruxelas, "pressionar politicamente para que a nova política comunitária  para o sector seja adequada aos interesses da fileira do leite nacional",  e, por outro, "promover uma maior transparência e equilíbrio ao longo da  cadeia de valor setorial" e fomentar "um maior equilíbrio negocial entre  os grandes distribuidores e os seus fornecedores".  

 

Ao mesmo tempo, a organização chamou "a atenção para a necessidade  de reforçar a actuação no âmbito da fiscalização e regulação por parte das  entidades competentes, sendo que os resultados das poucas acções realizadas  nestas matérias têm sido escassos, inconsequentes e de nulo impacto".  

 

 

A associação lembrou que o sector dos laticínios possui actualmente um  volume de negócios de cerca de dois mil milhões de euros, o que equivale  a 1,3 por cento do PIB nacional, dando emprego a 10 mil pessoas na área  da transformação.  

 

 

 

industriais de lacticínios leite sector Assunção Cristas IVA medidas de austeridade
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)