Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

ANAREC QUER REDUÇÃO DO IMPOSTO

A Associação Nacional de Revendedores de Combustíveis (ANAREC), exigiu esta quarta-feira, que o Governo baixe os impostos sobre a gasolina e gasóleo. Em causa está o decréscimo (80 por cento) na venda dos combustíveis nos postos de abastecimento junto à fronteira com a Espanha.
29 de Junho de 2004 às 16:46
Tendo em conta a subida de preços que se registou nos primeiros meses do ano, o país vizinho continua a ser a alternativa mais barata.
Segundo o responsável, ANAREC, António Saleiro, o Imposto sobre os Produtos Petrolíferos (ISP) é um dos mais elevados da União Europeia. O consumidor paga além do ISP, mais 19 por cento de Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA).
O presidente da associação considera urgente o decréscimo dos impostos sobre os combustíveis, uma vez que existem empresas, nomeadamente aquelas que estão sedeadas junto à fronteira com Espanha, que estão a viver uma situação financeira precária, com dificuldades para pagar os subsídios de férias aos seus empregados. Pelo menos mil postos de trabalho poderão estar em causa.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)