Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

ANECRA pede apoios

As empresas do comércio e reparação automóvel reivindicaram ontem apoios financeiros do Estado e a diminuição da carga fiscal, para atacar a crise instalada "em força" no sector, que "põe em causa" 80 mil postos de trabalho.

15 de Fevereiro de 2009 às 00:30
Jorge Neves da Silva quer apoios
Jorge Neves da Silva quer apoios FOTO: d.r.

"Os números não mentem: em Janeiro deste ano, registou-se em Portugal uma quebra de 43,1 por cento de vendas de viaturas novas em relação ao mês homólogo de 2008, e isso ficou a dever-se, essencialmente, ao muito significativo agravamento da fiscalidade automóvel", disse ontem à Lusa Jorge Neves da Silva, secretário-geral da ANECRA.

Segundo dados da Associação Nacional das Empresas do Comércio e da Reparação Automóvel (ANECRA), em Janeiro de 2008 tinham sido vendidas 20 901 viaturas novas, números que no primeiro mês deste ano baixaram para 11 903.

Ver comentários