Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

ANULADOS EMPRÉSTIMOS PARA PAGAR DÍVIDAS DO SNS

O Ministro das Finanças, Bagão Félix, decidiu cancelar a operação de regularização das dívidas do Serviço Nacional de Saúde (SNS) através do recurso a empréstimos bancários, no valor de 1.200 milhões de euros, que havia sido decidida pela sua antecessora Manuela Ferreira Leite e pelo ministro da Saúde, Luís Filipe Pereira.
16 de Setembro de 2004 às 08:12
Bagão Félix prefere recorrer à dívida pública
Bagão Félix prefere recorrer à dívida pública
Segundo noticia esta quinta-feira o “Jornal de Negócios”, Bagão Félix prefere resolver o problema do pagamento da dívida do SNS através do recurso à dívida pública, por considerar que é uma opção mais vantajosa para o Estado, já que uma operação do tipo dívida comercial ficaria mais dispendiosa para os cofres públicos.
Fica, assim, posta de lado a operação aprovada, em Maio passado, por Manuel Ferreira Leite e Luís Filipe Pereira, que já haviam escolhido os consórcios bancários a que iriam recorrer para regularizar os pagamentos em atraso: 500 milhões de euros à indústria farmacêutica, 480 milhões à Associação Nacional de Farmácias e 220 milhões para pagar as dívidas ao chamado sector convencionado.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)