Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
7

Apagão em Almada

Os comerciantes de Almada prosseguem a contestação à desertificação do centro da cidade com um apagão geral das lojas e montras após o período de funcionamento, numa acção que decorre a partir de amanhã e até sexta-feira, dia 7.

3 de Agosto de 2009 às 00:30

A acção surge na sequência da reunião realizada no dia 31 de Julho entre os representantes do sector e a Câmara Municipal, encontro que foi inconclusivo e que foi pautado, segundo os comerciantes, pela ausência da presidente da autarquia, Maria Emília de Sousa.

De acordo com a Associação do Comércio de Almada, desde o início das obras do Metro a cidade já perdeu cerca de 45 mil pessoas que diariamente passavam pelo eixo central e o número de lojas que já fechou ultrapassa as três dezenas.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)