Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

Apoio salarial a 100% para os pais de crianças em isolamento com Covid-19

Subsídio em causa irá manter-se ao longo de todo o novo ano letivo.
Edgar Nascimento 18 de Setembro de 2021 às 09:22
Governo diz que subsídio de assistência a filho ou neto por isolamento profilático estará em vigor ao longo do ano letivo
Governo diz que subsídio de assistência a filho ou neto por isolamento profilático estará em vigor ao longo do ano letivo FOTO: Carlos Barroso
Os pais de crianças até aos 12 anos que tenham de ficar em isolamento profilático por decisão das autoridades de saúde vão continuar a receber apoios a 100%. O subsídio irá manter-se ao longo do ano letivo que agora arrancou, mas continuam de fora situações em que os educandos são enviados para casa porque a escola ou a sala encerram por terem casos de infeção do novo coronavírus, mas não é passada qualquer declaração de isolamento.

O Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social esclareceu que o subsídio por assistência a filho ou neto por isolamento profilático "está em vigor" ao longo deste ano letivo, que começou esta semana na generalidade das escolas do País. "A sua atribuição depende da existência de declaração de isolamento profilático para o filho ou dependente por parte da autoridade de saúde", esclarece ainda a tutela.

Assim sendo, pais ou avós cujas crianças tenham uma declaração de isolamento profilático podem pedir este subsídio, que foi criado em março do ano passado para apoiar trabalhadores por conta de outrem que faltam ao trabalho nestas condições.

Em casos de escolas ou salas encerradas sem declaração de isolamento passada pelo respetivo delegado de saúde, os pais têm as faltas justificadas, mas perdem a remuneração e não têm direito a qualquer apoio pelo que a alternativa é meterem férias.
Mais informação sobre a pandemia no site dedicado ao coronavírus - Mapa da situação em Portugal e no Mundo. - Saiba como colocar e retirar máscara e luvas - Aprenda a fazer a sua máscara em casa - Cuidados a ter quando recebe uma encomenda em casa. - Dúvidas sobre coronavírus respondidas por um médico Em caso de ter sintomas, ligue 808 24 24 24
Ver comentários