Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
9

Armador surge em lista negra

Uma alegada confusão com o nome de um navio de pesca, registado numa lista ‘negra’ de infractores, está a envolver o maior armador de pescas português, o industrial Silva Vieira. O barco ‘Kerguelen’, com bandeira da Guiné-Conacri, pertencente ao armador, chegou anteontem ao Porto de Aveiro e esteve para ser impedido de descarregar 600 toneladas de bacalhau.
19 de Agosto de 2005 às 00:00
O ‘Kerguelen’ está na lista de infractores, mas armador diz que não é o mesmo barco
O ‘Kerguelen’ está na lista de infractores, mas armador diz que não é o mesmo barco FOTO: Carla Pacheco
Tal não viria a acontecer, porque “subsistem dúvidas se o navio suspeito de infracções é o mesmo, uma vez que as bandeiras de origem não coincidem”, afirmou ontem ao CM o inspector-geral das Pescas, Alberto Brás. A descarga foi autorizada, mas decorre uma inspecção ao pescado que só deverá terminar no início da próxima semana.
Tal como explica o mesmo responsável, “existem regras comunitárias que obrigam à inspecção do pescado proveniente de navios de países terceiros que demandem um porto europeu”. No entanto, se pertencerem à referida lista internacional de infractores (que incluem embarcações de África, Caraíbas e América Central) nem sequer serão autorizadas a descarregar.
Quanto às suspeitas lançadas sobre o ‘Kerguelen’, que o CM já noticiou ontem, o inspector-geral de pescas afirma que “os resultados só são definitivos depois de concluída a acção inspectiva”.
Já o armador Silva Vieira recusa qualquer envolvimento do seu navio com acusações de pesca ilegal e adianta que “tudo não passa de uma confusão de identidades”. “Isto foi uma precipitação, até porque o bacalhau nem vai entrar na Comunidade. Segue directamente para contentores com destino à China”, refere.
Com 25 barcos-fábrica a pescar, Silva Vieira acusa “os grandes poderes instalados na pesca” de pretenderem dividir entre si o ‘bolo’ das águas internacionais no Atlântico Norte.
Segundo explica, existem duas grandes organizações de pescas que querem controlar os recursos. Estabelecem quotas entre si e afastam todos os outros. Ora, isto é um assunto para resolver nos tribunais internacionais, porque eu não aceito que me impeçam de pescar em águas internacionais”.
PERFIL
Silva Vieira tem 59 anos e é o maior armador de pesca nacional, com a sua frota de 29 barcos. Tem um currículo com mais de três décadas de dedicação à pesca, dirigindo a emblemática empresa de pesca João Maria Vilarinho, sediada na Gafanha da Nazaré. É também relevante a sua passagem pela presidência do Beira-mar. Apoiou financeiramente o futebol e conseguiu para o clube a sua melhor classificação de sempre, em 1990.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)