Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
2

Aumenta crédito a particulares

O crédito interno bancário concedido a particulares registou em Janeiro uma taxa de crescimento de 9,4 por cento, com os empréstimos para habitação a acelerarem para 10,6 por cento (mais 0,1 pontos percentuais) e os destinados a consumo e outros fins a abrandarem para 4,3 por cento no primeiro mês de 2005, anunciou ontem o Banco de Portugal.
19 de Março de 2005 às 00:00
O crédito interno bancário concedido ao sector não monetário português desacelerou 0,2 pontos percentuais em Janeiro, para um crescimento de 6,3 por cento, indicou o banco central.
Nos Indicadores de Conjuntura de Março, o banco assinala que esta evolução reflectiu essencialmente a significativa desaceleração dos empréstimos a instituições financeiras não monetárias, que passaram de um aumento extraordinariamente elevado de 13,4 por cento em Dezembro para 6,6 por cento em Janeiro.
Os empréstimos ao sector privado não financeiro aceleraram ligeiramente em Janeiro, para 6,2 por cento.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)