Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

AUMENTO SALARIAL DE 33 POR CENTO

O novo director-geral dos Impostos, Paulo Moita Macedo, declarou para efeitos de IRS que recebeu do Millennium BCP, em 2003, um valor bruto de 246 343,75 euros, ou seja, 17 595,98 euros por mês (tendo em conta 14 salários por ano), noticiou ontem o ‘Jornal de Negócios’.
1 de Junho de 2004 às 00:00
O montante é bem diferente dos 23 480 euros mensais que o Governo tem dito que este responsável auferia naquele banco privado e, como tal, se propõe a pagar-lhe nas suas novas funções à frente da máquina fiscal.
Confrontado com a diferença dos valores salariais, fonte do Ministério das Finanças citada pelo mesmo jornal disse que “o dr. Paulo Moita Macedo teve o seu ordenado base aumentado no início deste ano em função da performance das empresas onde exercia funções”.
Este aumento corresponde a um crescimento salarial de 33,44 por cento, apesar de as negociações para o sector bancário ainda não estarem concluídas e o sindicato dos bancários apresentar uma proposta de 2,8 por cento.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)