Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

Autarquias pedem mais tempo

Muitas autarquias estão a pedir o prolongamento do prazo (que termina a 31 de Dezembro) para entrega dos Planos de Prevenção de Riscos exigidos pelo Conselho de Prevenção da Corrupção (CPC), com o argumento de que a data das eleições (realizadas dia 11 de Outubro) atrasou todo o processo.
28 de Dezembro de 2009 às 00:30
Guilherme d’Oliveira Martins
Guilherme d’Oliveira Martins FOTO: João Cortesão

O secretário-geral do CPC, José Tavares, afirmou ao CM que aquele organismo "não vai conceder qualquer tipo de prolongamento. O que vamos fazer é insistir para que todas as autarquias que não tenham entregue o façam o mais depressa possível".

A análise dos Planos de Prevenção de Riscos entregues por todas as entidades públicas será a prioridade do organismo liderado por Guilherme d’Oliveira Martins para 2010. "São verdadeiros instrumentos que vão reformar a gestão pública", diz José Tavares.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)