Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
4

‘Barão Vemelho’ volta a falhar garantia mas promete pagar terreno à Câmara

O empresário Alexandre Alves, conhecido como ‘barão vermelho’, voltou a não cumprir o prazo dado pela Câmara Municipal de Abrantes para fazer a entrega de 1,1 milhões de euros de garantia bancária, relativa ao projecto RPP Solar. Mas apresentou uma nova proposta, que foi aceite na reunião desta segunda-feira do executivo, de “pagar os encargos que a Câmara suportou com a aquisição do terreno” para instalação da fábrica, no valor de um milhão de euros. E apresentou um novo “cronograma dos trabalhos a realizar para a prossecução do investimento”, segundo o qual as obras foram retomadas no dia 15 de Outubro e estarão concluídas em Janeiro.
22 de Outubro de 2012 às 21:16
Alexandre Alves voltou a falhar garantia bancária
Alexandre Alves voltou a falhar garantia bancária FOTO: José Carlos Campos

“Aprovámos e aceitámos esse pagamento, mas estabelecemos um prazo novo, muito rápido, menos de um mês, para ser cumprido”, disse ao CM a presidente do executivo, Maria do Céu Albuquerque, salientando que, “perante a manifestação de vontade de pagar do empresário, a Câmara não tinha alternativa, foi obrigada a aceitar a nova proposta. Não temos razão comprovada para decidir de outra forma”.

A autarca admite que os atrasos na prossecução da obra “têm sido muitos”, mas acredita que desta vez a fábrica vai entrar em laboração, com 300 postos de trabalho.

A Câmara decidiu ainda não declarar a caducidade do procedimento administrativo e, em conjunto com a Assembleia Municipal, diligenciar no sentido de “garantir o efectivo ressarcimento do Município”.

Recorde-se que o dia 15 de Outubro correspondia à “última prorrogação” de prazo concedida pelo município com vista à “prossecução do investimento”, considerando “o carácter contraditório entre a informação prestada” por Alexandre Alves e “os indícios de andamento” da obra.

alexandre alves barão vermelha abrantes câmara RPP Solar
Ver comentários