Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

BCE pronto para ajudar Portugal

O Banco Central Europeu (BCE) está disposto a comprar dívida pública de países para ajudar a aliviar a pressão dos investidores. Portugal, que quer regressar aos mercados em Setembro de 2013, seria um dos beneficiados.

6 de Outubro de 2012 às 01:00
Mario Draghi diz que o BCE pode aliviar as tensões sobre o futuro do euro
Mario Draghi diz que o BCE pode aliviar as tensões sobre o futuro do euro FOTO: Rainer Jensen/ Reuters

Mario Draghi anunciou que o plano de compra de dívida vai "aliviar as tensões" e incertezas sobre o futuro do euro e surge depois de meses de críticas à pouca intervenção do BCE na crise da moeda única. O TMC – Transacções Monetárias Directas – permite a compra ilimitada de dívida e pode salvar países de recorrerem a um resgate formal, como Espanha. Mas também será aplicado a países já sob assistência financeira. Neste caso, Portugal poderá contar com este mecanismo quando estiver a tentar recuperar o acesso aos mercados de dívida, no próximo ano, com as transacções a incidirem especialmente em dívida com maturidades de um a três anos. Pelo TMC, o BCE vai comprar grandes volumes de dívida soberana durante um ou dois meses, suspendendo depois a intervenção para avaliar se o país está a cumprir as condições exigidas no plano de assistência pela troika. Não está previsto limite no montante de compra.

Esta ‘almofada’ permitiria a Portugal uma rede de segurança para voltar aos mercados em Setembro de 2013, quando ainda há dúvidas sobre se o País conseguirá conquistar a confiança dos investidores nessa operação. Apesar da oposição do banco central alemão – o Bundesbank –, o BCE está pronto para avançar com este programa de compra de dívida, mas recorda que são os governos que têm de tomar a decisão de pedir ajuda.

BCE AJUDA PORTUGAL ECONOMIA DÍVIDA
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)