Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
3

BE propõe que banca pague 25% de IRC

Francisco Louça, líder do Bloco de Esquerda, rejeitou esta quarta-feira cortes nas prestações sociais considerando que será “uma medida insensata, insensível e de uma ferocidade social inaceitável”. Louça propôs que a banca pague um mínimo de 25 por cento de IRC, uma medida “que recuperaria 600 milhões de euros”.
28 de Abril de 2010 às 18:45
Francisco Louçã
Francisco Louçã FOTO: Miguel A. Lopes/Lusa

Na sede do BE, o líder criticou o "acordo da direita que vai exigir às vítimas da crise o pouco que têm", referindo-se ao encontro entre o primeiro-ministro e o líder do PSD, Passos Coelho.

O deputado do BE defendeu ainda que o dinheiro colocado em offshores para não pagar imposto deve ser também tributado em 25 por cento.

No conjunto, frisou, "as receitas seriam mais do dobro" do que o país precisa para o reajustamento orçamental".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)