Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia

Belmiro não acredita que a crise esteja a abrandar

Belmiro de Azevedo, líder da Sonae, recusou sábado, na Figueira da Foz, que a crise esteja a dar sinais de esmorecer, frisando que não existem evidências nesse sentido.
7 de Junho de 2009 às 00:30
Empresário nortenho defende a melhoria da produtividade
Empresário nortenho defende a melhoria da produtividade FOTO: Mariline Alves

"O que é evidente é que o emprego não está a ser criado, o desemprego está a aumentar, não há investimento, não há dinheiro, não há liquidez. Portanto, não há evidência de que a crise esteja a acabar", disse Belmiro após a Gala Empresarial Invest. Para o empresário, Portugal necessita de resolver "três ou quatro questões", começando pela melhoria da produtividade. "Para melhorar a produtividade, temos de melhorar a qualidade de recursos humanos e de equipamentos. Só assim é que se cria emprego." Para criar emprego, Belmiro de Azevedo defendeu "investimentos bons, pequenos ou médios e não muito caros".

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)