Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
8

Benefícios fiscais atingiram 2,4 mil milhões de euros em 2018

Número de beneficiários aumentou cerca de 10 mil, atingindo o ano passado os 45 mil.
Raquel Oliveira 4 de Outubro de 2019 às 01:30
Autoridade Tributária
Autoridade Tributária
Portal das Finanças
Autoridade Tributária
Autoridade Tributária
Portal das Finanças
Autoridade Tributária
Autoridade Tributária
Portal das Finanças
A Autoridade Tributária concedeu o ano passado benefícios fiscais no valor de 2,4 mil milhões de euros, menos 136 milhões de euros dos concedidos em 2017, de acordo com a listagem publicada esta quinta-feira.

Em contrapartida, o número de beneficiários aumentou cerca de 10 mil, atingindo o ano passado os 45 mil. Empresas, fundações e municípios contam-se entre os contribuintes a quem o Estado concede anualmente perdões ao nível de oito impostos.

Tal como em anos anteriores, os benefícios fiscais ao nível do IRC atingiram o valor mais elevado do conjunto de impostos: 910,5 milhões de euros.

Os benefícios ao nível dos Impostos Especiais sobre o Consumo (nomeadamente tabaco e álcool) ascenderam a 556,6 milhões de euros, seguidos dos 406,4 milhões de euros concedidos ao nível do Imposto Municipal sobre Transmissões Onerosas de Imóveis (IMT).

Face a 2017, o valor das isenções aumentou no IMT, mais cerca de 108 milhões de euros do que no ano anterior. Os maiores cortes, em contrapartida, registaram-se no IRC, com os benefícios a caírem 175,5 milhões de euros, para 910,5 milhões de euros.
Autoridade Tributária IRC IMT economia negócios e finanças economia (geral)
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)