Barra Cofina

Correio da Manhã

Economia
1

Artur Santos Silva lamenta falta de acordo no BPI

Entendimento entre CaixaBank e Santoro Finance ficou sem efeito.
Lusa 18 de Abril de 2016 às 16:59
Artur Santos Silva, presidente do Conselho de Administração do BPI
Artur Santos Silva, presidente do Conselho de Administração do BPI FOTO: Paulo Duarte

O presidente do Conselho de Administração do BPI, Artur Santos Silva, lamentou hoje que as negociações entre o CaixaBank e a Santoro tenham terminado sem acordo e responsabilizou a passagem da supervisão do banco para o Banco Central Europeu.

"Lamento muito o que aconteceu, mas não queria dizer mais nada", declarou aos jornalistas no final da inauguração de duas novas salas na Casa de Portugal - André de Gouveia, hoje, em Paris.

Artur Santos Silva salientou estar em Paris na qualidade de presidente da Fundação Gulbenkian, no dia da inauguração da exposição dedicada a Amadeo de Souza Cardoso no Grand Palais, e foi parco em comentários sobre a situação do banco e sobre o diploma que prevê a revisão das restrições dos direitos de voto nas instituições financeiras.

"Não queria fazer comentários. Acho que tudo o que está a acontecer vai ser muito importante para o futuro do banco e este problema só surgiu por uma alteração significativa das regras de supervisão do banco quando a supervisão passou de Portugal para o Banco Central Europeu. Mas não queria dizer mais nada sobre o BPI", declarou.

Questionado sobre se vai deixar de ter responsabilidades não executivas no banco quando ficar resolvido o problema da estrutura acionista, Santos Silva afirmou: "Tenho esperança de que isso vá acontecer nos próximos tempos e é tudo o que tenho para vos dizer".

No domingo, o BPI informou que ficou sem efeito o entendimento entre os dois principais acionistas do banco, o CaixaBank e a Santoro Finance, que tinha sido anunciado ao mercado no passado dia 10 de abril.

Conselho de Administração do BPI Artur Santos Silva Santoro Finance Banco Central Europeu BPI banca
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)